Desenvolvimento Sustentável: é de comer ou de passar no cabelo?

Certamente você já escutou essas duas palavras em algum lugar. Provavelmente, na empresa, organização ou repartição pública que você trabalha já falaram sobre desenvolver ações de sustentabilidade no sistema operacional da empresa/organização/repartição. Ações como trocar copos plásticos por copos biodegradáveis* ou estipular que todos levem suas canecas para o trabalho, para reduzir o uso e descarte de copos plásticos; trocar o papel branco por papel reciclado; ter captação da água da chuva para uso nas descargadas e limpeza geral.

Todas essas ações são SUPER válidas, porém não significam que sua empresa/organização/repartição se tornou uma empresa sustentável.

*Giphy

O conceito de desenvolvimento sustentável foi discutido durante duas décadas (1970 e 1980), descrito por uma equipe multidisciplinar e registrado em 1987 no Relatório de Brundland ou conhecido como “Nosso Futuro Comum“. E é um conceito que é discutido até hoje!

Neste relatório, desenvolvimento sustentável é definido como:

“O desenvolvimento sustentável é o desenvolvimento que encontra as necessidades atuais sem comprometer a habilidade das futuras gerações de atender suas próprias necessidades.”

Relatório de Brundtland

e…

“Na sua essência, o desenvolvimento sustentável é um processo de mudança no qual a exploração dos recursos, o direcionamento dos investimentos, a orientação do desenvolvimento tecnológico e a mudança institucional estão em harmonia e reforçam o atual e futuro potencial para satisfazer as aspirações e necessidades humanas.”

Relatório de Brundtland

Desde a publicação do Relatório, as ações políticas deveriam (em tese) ser compatíveis com este conceito de desenvolvimento sustentável. E isso levou a apropriação e ressignificação deste conceito por diversas áreas, como a economia, a ecologia, a administração… Enfim. Cada área puxou para o seu lado e reescreveu o conceito da forma que lhe foi condizente.

E este conceito passou de boca a boca, como naquela brincadeira de telefone sem fio, se alterando a cada vez que era transmitido.

(Besteira) *giphy

Verdade pura!

A ideia do desenvolvimento sustentável é que desenvolvamos ações sobre os três pilares: social, econômico e ecológico, em vistas de manter os recursos naturais para a nossa e para as futuras gerções, sem prejudicar ou minimizar a oferta de bens e serviços, o meio ambiente e a qualidade de vida. Como o conceito se disseminou de uma forma caótica, em diversas áreas, essa essência e profundidade se perdeu. E o que vemos hoje é a aplicação do conceito em forma superficial, por ações que não impactarão de forma positiva e significativa a oferta de bens e serviços, o meio ambiente e a qualidade de vida das futuras gerações.

Esse texto, portanto, é uma reflexão, para que você entenda o real significado de desenvolvimento sustentável e a sua profundidade. E que comece a observar suas ações de consumo, uso de recursos e de qualidade de vida e refletir se essas ações deixarão um mundo similar para as futuras gerações ou não.

É tempo de refletir e agir.

*não existe copo plástico biodegradável, ainda, ok! São copos plásticos que se transformam em microplásticos de forma mais rápida, mas continua sendo plástico!

Se você gostou deste texto, dê um “gostei”, compartilhe e comente! Adorarei receber seu comentário! 😉

Publicado por Carol Bernardo

Sou a Carol. Também sou bióloga, ecóloga e economista, bailarina, mãe de duas cãs, professora universitária, pesquisadora por paixão, vascaína por opção, carioca de nascimento, brasiliense de coração e escritora nas horas vagas.

2 comentários em “Desenvolvimento Sustentável: é de comer ou de passar no cabelo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: